Sobre fé e transcendência

além da religião

AMOR EMAGRECE

 

ELIANE PINHEIRO

Quando conheço pessoas e vou delas me aproximando, conforme vão gostando de mim, mais me veem menos gorda. E quando passam a me amar, dizem que emagreci. É um amor tão sincero que me amam como se eu fosse magra, de tão legal que sou. Gorda de alma magra. Preto de alma branca. Bicha não afeminada. Nem é tão negra, nem é tão gorda, nem parece sapatão, nem me lembrava que você era umbandista. De tão, tão legal que a gente é.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: